23 de mar de 2015

Filme: Mortdecai - A Arte da Trapaça

Mortdecai - A Arte da Trapaça (Mortdecai)
Gênero: Ação | Comédia
Duração: 106 min
Data de Lançamento: 12/03/2015 (BRA)
Diretor: David Koepp

Sinopse: Driblando alguns russos irritados, o serviço secreto britânico, sua esposa de inacreditáveis pernas longas e um terrorista internacional, o negociante de arte afável e malandro em meio período Charlie Mortdecai (Johnny Depp) tem de percorrer o globo armado apenas com sua boa aparência e charme especial, em uma corrida para recuperar uma tela roubada, propalada por conter o código para uma conta bancária perdida cheio de ouro nazista.


Ir ao cinema para assistir aos filmes do Johnny Depp tem sido uma aventura. Tirando os grandes sucessos comerciais como Piratas do Caribe e Alice no País das Maravilhas, a divulgação por parte das distribuidoras é péssima, depois o filme é massacrado pela bilheteria baixa e lá vem os críticos dizerem que a culpa é do Depp. Na verdade é pura matemática, poucas salas, pouco dinheiro arrecadado.

Para assistir Mortdecai - A Arte da Trapaça tive que atravessar a cidade e aproveitar a única sessão que seria exibida no dia (17:30h do último sábado). Não havia nenhum cartaz do filme, e a atendente da bilheteria chegou a dizer que Mortdecai já tinha saído de cartaz, mas depois de checar no computador viu que estava enganada. Outro ponto negativo era o fato do filme ser dublado, o próprio dublador Marco Antonio admitiu em seu Facebook que não foi tarefa fácil passar a mesma graça em português, pois Johnny faz um sotaque muito interessante.

O filme é muito engraçado, todo elenco faz um ótimo trabalho. A química do quarteto principal é excelente. Johnny Depp é Charlie Mortdecai um negociador de arte que está à beira da falência e aceita prestar um serviço para o serviço secreto britânico em troca de uma boa comissão e liquidar suas dívidas com o governo. Ele deve encontrar uma tela roubada que pode conter o código para uma valiosa conta bancária. O bigode de Charlie é praticamente um personagem do filme, ele o ostenta com orgulho, enquanto sua esposa Johanna (Gwyneth Paltrow) tem grande repulsa e quer que ele o tire a qualquer custo.


Outro ponto interessante da história é que existe um triângulo amoroso entre MortdecaiJohanna e o inspetor Martland (Ewan McGregor), o que garante boas risadas. Além da relação de extrema fidelidade do fiel escudeiro de Charlie, o Jock (Paul Bettany).


Johnny mais uma vez presenteia o espectador com um personagem peculiar e totalmente diferente do que já vimos. Se ainda não assistiu, corra até o cinema mais próximo, pois acredito que em breve não estará mais em cartaz. Uma comédia vintage que não se vê mais na atual Hollywood, um ótimo entretenimento.


8 de mar de 2015

Filme: Cinquenta Tons de Cinza

Cinquenta Tons de Cinza (Fifty Shades of Grey)
Gênero: Drama | Romance
Duração: 125 min
Data de Lançamento: 12/02/2015 (BRA)
Diretora: Sam Taylor-Johnson

Sinopse: Anastasia Steele (Dakota Johnson) é uma estudante de literatura de 21 anos, recatada e virgem. Uma dia ela deve entrevistar para o jornal da faculdade o poderoso magnata Christian Grey (Jamie Dornan). Nasce uma complexa relação entre ambos: com a descoberta amorosa e sexual, Anastasia conhece os prazeres do sadomasoquismo, tornando-se o objeto de submissão do sádico Grey.


Assisti Cinquenta Tons de Cinza por curiosidade devido ao sucesso que alcançou, tanto no mundo literário como no cinema. Li apenas um trecho do livro publicado pela Intrínseca (e você pode ler também aqui), então não posso avaliá-lo como uma adaptação.

Existe um grande preconceito por trás dos comentários negativos à respeito desse filme, do mesmo tipo que acomete a saga Crepúsculo. Coincidência ou não, Cinquenta Tons de Cinza originou de uma fanfiction de Twilight. Todos temos o direito de expressar nossas opiniões, com um filme tão polêmico não seria diferente, mas muitas pessoas vão na onda dos haters e saem postando comentários sem ao menos ter assistido.

Definitivamente não é uma obra prima do cinema, mas a intenção nem é essa. Primeiramente assista como um entretenimento, não espere sexo e mais sexo, esse não é um filme pornô. Cinquenta Tons de Cinza é um drama romântico e muito interessante sob o ponto de vista psicológico, principalmente do personagem principal, o Sr. Grey (Jamie Dornan). O sadomasoquismo representa o grande bloqueio afetivo do protagonista devido a traumas do passado, estes que acredito serão mais aprofundados nos próximos filmes.


Anastasia Steele (Dakota Johnson) é a responsável por trazer à tona todos os conflitos de Christian Grey, no começo para ele tudo é uma questão de fechar um acordo de submissão com ela, mas ao se ver envolvido de uma forma que nunca esteve com mulher alguma, sua postura de dominador vai perdendo força. A atuação de ambos atores é boa e a direção também, só senti que o tempo de duração poderia ter ser sido um pouco menor.


Não aconselho este filme para menores de 18 anos (o filme recebeu classificação 16), mas não por causa do conteúdo sexual, pois não é tão intenso como a maioria das pessoas imaginam, e sim porque é necessário uma certa maturidade para entender o contexto e que o sadomasoquismo é apenas um plano de fundo.

6 de mar de 2015

TOP 5: Filmes de Terror

Hoje trago para vocês um TOP 5 com meus filmes favoritos de terror. Quem é fã do gênero acaba sofrendo com a quantidade de filmes ruins que são lançados, mas existem aqueles que valem a pena serem assistidos. Para mim filme de terror bom é aquele que possui um bom roteiro e que nos provoca medo ao mesmo tempo. Vamos lá?

O Exorcista (1973)

Em Georgetown, Washington, uma atriz vai gradativamente tomando consciência que a sua filha de doze anos está tendo um comportamento completamente assustador. Deste modo, ela pede ajuda a um padre, que também um psiquiatra, e este chega a conclusão de que a garota está possuída pelo demônio. Ele solicita então a ajuda de um segundo sacerdote, especialista em exorcismo, para tentar livrar a menina desta terrível possessão.
O Exorcista é um clássico que todo fã do gênero deve assistir, muitos outros filmes tentaram copiá-lo, mas sobre exorcismo este é o melhor já feito. A qualidade da produção é excelente, a maquiagem se destaca, pois transformou a jovem Linda Blair em um monstro. 

O filme é a adaptação do livro de mesmo nome de William Peter Blatty que foi baseado em um caso real. E há quem diga que O Exorcista é amaldiçoado porque coisas estranhas aconteceram durante as filmagens com o elenco e produção.

Invocação do Mal (2013)

Harrisville, Estados Unidos. Um casal (Ron Livinston e Lili Taylor) muda para uma casa nova ao lado de suas cinco filhas. Inexplicavelmente, estranhos acontecimentos começam a assustar as crianças, o pai e, principalmente, a mãe. Preocupada com algumas manchas que aparecem em seu corpo e com uma sequência de sustos que levou, ela decide procurar um famoso casal de investigadores paranormais (Patrick Wilson e Vera Farmiga), mas eles não aceitam o convite, acreditando ser somente mais um engano de pessoas apavoradas com canos que fazem barulhos durante a noite ou coisas do gênero. Porém, quando eles aceitam fazer uma visita ao local, descobrem que algo muito poderoso e do mal reside ali. Agora, eles precisam descobrir o que é e o porquê daquilo tudo acontecendo com os membros daquela família. É quando o passado começa a revelar uma entidade demoníaca querendo continuar sua trajetória de maldades.
Invocação do Mal é um filme de terror levado a sério como há tempos não se via. O roteiro é muito bom, acompanhamos o drama de uma família que fica frente a frente com o mal. O elenco faz um ótimo trabalho, destaque para Vera Farmiga (a Norma de "Bates Motel").

O filme é baseado em um caso real vivido pelo casal Warren e irá ter uma continuação, mas agora com outro caso. Sustos garantidos!

Possessão (2012)

Clyde (Jeffrey Dean Morgan) e Stephanie Brenek (Kyra Sedgwick) estão separados, mas conseguem se relacionar para o bem das duas filhas do casal. Quando ele compra uma casa nova, sua filha mais nova Em (Natasha Calis) o convence a comprar algumas coisas para lá, entre elas, uma caixa de madeira muito bem trabalhada e ao mesmo tempo misteriosa, que não se pode abrir. Encantanda pelo artefato, a jovem descobre como se abre, passa a ouvir vozes e, em seguida, estranhos acontecimentos começam a acontecer na casa. Desconfiado do comportamento da caçula, totalmente diferente, ele conversa com a ex que não dá ouvidos e eles começam uma nova crise. Quando a mãe se dá conta de que ele falava a verdade, já é tarde demais, pois a jovem está possuída por um espírito do mal, que se alimenta de seus hospedeiros. Começa então uma corrida contra o tempo para salvá-la e um exorcismo pode ser a solução.
O diferencial do filme Possessão é abordar o exorcismo do ponto de vista judaico, o demônio enfrentado é da mitologia hebraica e se chama Dibbuk. Também baseado em fatos reais, lembra muito O Exorcista, mas possui identidade própria e causa muitos arrepios.

Uma curiosidade é que o protagonista é vivido por Jeffrey Dean Morgan (o pai de Sam e Dean em "Sobrenatural").

Atividade Paranormal (2007)

Desde criança Katie (Katie Featherston) ouve ruídos estranhos, sussurros e sente sensações inesperadas. Já adulta, ela mora com seu namorado Micah (Micah Sloat), que, meio cético quanto aos depoimentos, resolve usar uma câmera para gravar tudo o que acontece enquanto eles dormem e vivem dentro da casa. O que era para ser apenas uma forma de esclarecer o mistério torna-se uma experiência intrigante e assustadora.
Apesar da temática do filme já estar batida por causa das várias continuações que Atividade Paranormal recebeu, o considero um filme obrigatório, porque ele é muito intimista, você se sente morando na casa junto com o casal e o começo que parece arrastado te leva a uma trama que te prende até o final.


Annabelle (2014)

Um casal se prepara para a chegada de sua primeira filha e compra para ela uma boneca. Quando sua casa é invadida por membros de uma seita, o casal é violentamente atacado e a boneca, Anabelle, se torna recipiente de uma entidade do mal.
Annabelle pode até ter sido uma decepção para aqueles que esperavam um terror à altura de Invocação do Mal, mas por se tratar de um spin-off o considero um bom entretenimento. Através dele conhecemos a história da boneca Annabelle (que existe na vida real, mas que pouco se sabe de sua verdadeira origem).

Espero que tenham gostado, separem a pipoca e aproveitem minhas dicas. ;)


5 de mar de 2015

Primeiras Impressões: A Mais Pura Verdade


Como comentei no post anterior, recebi da editora Novo Conceito os seis primeiros capítulos do livro A Mais Pura Verdade, agora trago para vocês as minhas impressões sobre a história.

Mark é um menino de doze anos que sofre de câncer e decide fugir de casa ao lado de seu cãozinho Beau para realizar seu sonho, escalar o Monte Rainer. Para viver essa aventura ele leva consigo uma máquina fotográfica, equipamento de alpinismo, caderno e caneta, passagem de trem (só de ida) e remédios.

O protagonista dessa história é uma criança muito especial, ele gosta de registrar momentos através de fotografias e escrever haicais (poemas em três linhas, cada linha sempre com o mesmo número de sílabas). Nutre um amor muito grande por seu cachorro e tem uma grande amiga chamada Jessie. Por estar doente desde os cinco anos, ele tem uma visão da vida diferente da maioria das crianças, uma mistura de tristeza e raiva.
"Isso é uma coisa que eu não entendo: por que as pessoas gostam de levar consigo uma coisa que as faz lembrar de que suas vidas estão indo embora."
São 423 quilômetros a serem percorridos até o destino de Mark, no 6° capítulo restam apenas 62. Até esse ponto da história já posso dizer que me apeguei ao protagonista e anseio por um final feliz, mesmo sabendo que devo me preparar para fortes emoções. Essa é a mais pura verdade.

Lançamento 23 de março

4 de mar de 2015

Caixa de Correio #02

Recebi da editora Novo Conceito os 6 primeiros capítulos do livro "A Mais Pura Verdade", cujo lançamento está marcado para 23 de Março. Já estou lendo e em breve irei postar minhas impressões sobre a história. 

Sinopse

NUNCA É TARDE DEMAIS PARA VIVER A MAIOR AVENTURA DA NOSSA VIDA.

Em todos os sentidos que interessam, Mark é uma criança normal. Ele tem um cachorro chamado Beau e uma grande amiga, Jessie. Ele gosta de fotografar e de escrever haicais em seu caderno. Seu sonho é um dia escalar uma montanha.

Mas, em certo sentido um sentido muito importante , Mark não tem nada a ver com as outras crianças.

Mark está doente. O tipo de doença que tem a ver com hospital. Tratamento. O tipo de doença da qual algumas pessoas nunca melhoram.

Então, Mark foge. Ele sai de casa com sua máquina fotográfica, seu caderno, seu cachorro e um plano. Um plano para alcançar o topo do Monte Rainier. Nem que seja a última coisa que ele faça.

A Mais Pura Verdade é uma história preciosa e surpreendente sobre grandes questões, pequenos momentos e uma jornada inacreditável.
Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo