21 de jun de 2015

Resenha: O Segredo

O Segredo
Autora: Rhonda Byrne
Editora: Sextante
Ano: 2015
Número de páginas: 216
Gêneros: Autoajuda, Não ficção, Espiritualidade
Onde comprar: Americanas | Submarino | Saraiva

Sempre tive curiosidade de ler O Segredo, lembro do enorme sucesso quando ele foi lançado em 2006. A Sextante relançou o livro mês passado e a edição está muito caprichada. Ele é em capa dura e acompanha uma jacket de papel. A diagramação é linda, a cor das páginas possui o mesmo tom da capa, porém mais clara, não atrapalhando a leitura, com belas ilustrações.

O Segredo é um livro motivacional, trata-se do poder dos nossos pensamentos. Rhonda Byrne dedicou-se a uma extensa pesquisa sobre os ensinamentos do Segredo após ganhar de sua filha um livro centenário que continha este grande Segredo. Suas pesquisas e conversas com mestres contemporâneos deram origem ao filme homônimo e posteriormente ao livro.

O livro é divido em dez capítulos, primeiramente somos apresentados ao Segredo, depois ele é simplificado para maior entendimento e por fim aprendemos como usá-lo através de práticas poderosas. O foco maior do livro é nas três coisas que as pessoas mais desejam: dinheiro, relacionamentos e saúde.

Sob o ponto de vista de Rhonda e dos mestres que participam do livro, o Segredo é uma lei natural tão precisa como a lei da gravidade. Você cria sua vida através dos seus pensamentos e da lei da atração. Tudo em que você concentrar seus pensamentos de forma persistente, você irá trazer para sua vida. Tenha pensamentos positivos sempre, essa foi uma das melhores lições que tirei desse livro.

O Segredo se aproxima muito dos conceitos de algumas religiões, nossa fé no invisível, nada mais é do que pensamentos que enviamos através de uma frequência para o Universo. Aquilo que recebemos de volta são os milagres, coisas que só são possíveis quando você acredita verdadeiramente em algo.

Independentemente se você acredita ou não no Segredo como algo preciso, o livro irá te trazer coisas boas, porque se você está feliz consigo mesmo, aprende a ter pensamentos bons até mesmo nos momentos mais difíceis e acredita que você tem um poder ilimitado de criar sua própria vida, você se sentirá realizado. Tudo aquilo que traz positividade para nossas vidas é válido. Então leia com a mente aberta e seja feliz.

11 de jun de 2015

Resenha: O Príncipe dos Canalhas

O Príncipe dos Canalhas
Autora: Loretta Chase
Editora: Aqueiro
Ano: 2015
Número de páginas: 288
Gênero: Romance de Época
Onde comprar: Americanas | Submarino | Saraiva

Lorde Dain é um homem muito rico, mas avesso as convenções da sociedade. Teve uma infância difícil, depois de sua mãe fugir com outro homem, seu pai o abandonou em um internato, onde foi humilhado por seus colegas por possuir uma aparência diferente dos demais, nunca teve sucesso com as mulheres. Sua personalidade que faz jus ao apelido de Belzebu foi sendo moldada por todas as turbulências que viveu em sua vida.

Jessica Trent é uma mulher a frente do seu tempo, possui personalidade forte e nunca se casou por escolha própria, pois não faltaram pretendentes. Planeja ter um negócio próprio vendendo obras de arte. Mas tem que viajar até Paris para salvar seu irmão Bertie da má influência do devasso Lorde Dain.

Logo no primeiro encontro do casal de protagonistas, Jessica e Dain se sentem fortemente atraídos um pelo outro. A missão de salvar seu irmão da companhia de Dain é apenas a premissa de uma história repleta de reviravoltas. Jessica será capaz de descongelar o coração de um verdadeiro devasso? O Príncipe dos Canalhas é um livro envolvente, que faz o leitor não querer parar de ler. Somos surpreendidos por situações cômicas, momentos sensuais e com o poder do amor na vida das pessoas.

Não poderia ter escolhido um livro melhor para conhecer o gênero romance de épocaO Príncipe dos Canalhas foi uma ótima experiência e estou ansiosa para conhecer mais títulos como esse. O prêmio RITA de Melhor Romance Histórico foi super merecido.
Copyright © 2015 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo